sexta-feira, 15 de abril de 2016

O relógio


Estava um lindo dia, quando o senhor Alexandre acordou. Mas, mal olhou para o relógio, reparou que estava atrasado para o emprego. O senhor Alexandre vestiu-se rapidamente, lavou os dentes, tomou o pequeno-almoço e foi embora para o trabalho, a correr. Quando lá chegou, o chefe disse, furioso:
_ Chegou atrasado, senhor Alexandre!
_ Desculpe, chefe. Vou tentar acordar mais cedo, para a próxima.
_  Vá la, mas que não se volte a repetir. _ disse o chefe.
No dia seguinte, o senhor Alexandre acordou mais cedo. Olhou o relógio e viu que ainda não era horas de sair. Tomou o pequeno-almoço, vestiu-se e voou para o trabalho. Chegou ao trabalho e o chefe aproximou-se dele e afirmou:
_ Senhor Alexandre, hoje chegou cedo ao trabalho! Estou impressionado consigo. Quero que chegue a esta hora todos os dias. Veja lá se acerta sempre o seu relógio despertador.
_ Está bem, chefe. Vou, então, trabalhar.
O senhor Alexandre trabalhou o dia todo, descontraído. Já ao final da tarde, lembrou-se que tinha jantar de família e que não podia chegar atrasado. Olhou para o relógio!
_ Ainda faltam 40 minutos para o jantar de família, mas não me posso distrair,  pois a minha filha faz quinze anos. _ virando-se para o colega do lado.
Meia hora antes de terminar o turno, o  senhor Alexandre, arrumou tudo, tomou banho na fábrica, pôs perfume e foi direto para o restaurante.
No dia seguinte, o senhor Alexandre chegou quarenta minutos mais cedo, para compensar as horas do trabalho perdidas no dia anterior. O chefe apercebeu-se do seu gesto e foi falar com ele. O senhor Alexandre  esclareceu-o:
_ Ontem saí trinta minutos mais cedo, então, hoje cheguei 40 mim mais cedo.
_ Muito bem, senhor Alexandre! Vai ser promovido pela  sua honestidade e dedicação ao trabalho.
_ Muito obrigado, chefe, pelo seu reconhecimento.
_ E mais, senhor Alexandre, vai passar a ter um dia de folga por semana, para poder auxiliar a sua filha.
_ Sim, chefe, obrigado.
E foi assim que o senhor Alexandre conseguiu a promoção e o aumento do salário que tanto veio ajudar a família.

                                                                                                   Daniel Fraguito, 5º E

Sem comentários:

Publicar um comentário