terça-feira, 12 de abril de 2016

O elefente da selva.


                Era uma vez um elefante que vivia numa selva. Chamava-se Dawa, era grande, belo e querido. Ele tinha um amigo chamado Wada.
                Um dia, Dawa e Wada decidiram ir para a cidade, porque tinham lá um amigo hamster, uma espécie rara.
                O amigo de Dawa chama-se Rafael, era rápido e vivia num apartamento.
                Quando Dawa e Wada chegaramà cidade ficaram espantados com tudo o que viram: os apartamentos, as lojas, as ruas cheias de pessoas, as fábricas...Depois decidiram procurar o bairro onde morava o amigo. Foi difíci encontrar a rua, mas lá chegaram.Entraram no prédio com facilidade, pois a porta era larga. No entanto, tiveram dificuldade em subir, por causa das muitas escadas que o prédio tinha até chegar ao apartamento onde vivia o hamster, já que o elevador estava avariado.  
                _ Nunca mais chegamos!- disse o elefante já bastantee exausto.
                _ Ainda por cima, o elevador está avariado! Que pouca sorte!
                _ Será que eu cabia na porta do elevador?- perguntou Dawa desconfiado.
                _ Talvez não! Agora não vamos pensar nisso. O importante é a surpesa que vamos fazer ao nosso amigo Rafael.
                 Quando tocaram na campainha e o amigo veio atender, foi a alegria total. O amigo Rafael nem queria acreditar que eles estavam ali. Entraram, e ficaram bastante tempo a conversar sobre histórias passadas. Depois lancharam, comeram pizzas, bolas de berlim e outras coisas deliciosas.
                Decidiram pernoitar por lá, porque a conversa prolongou-se e já era muito tarde para Dawa e Wada regressarem à selva, além disso podiam matar saudades.
                Quando iam dormir, o elefante tentou entrar no quarto, mas ficou preso na porta, pois não conseguia entrar nem sair. Wada e o hamster Rafael ficaram assustados e tentaram, em vão, resolver o problema. Era uma missão quase impossível, fazer entrar um elefante por aquela porta tão pequena. Não conseguiram e chamaram os bombeiros. Estes chegaram lá passado cinco minutos, porque o quartel não ficava muito longe. Os bombeiros subiram e entraram e, quando chegaram, encontraram um grande problema, fazer entrar o elefante no quarto sem o magoar. Resolveram chamar mais bombeiros e até jornalistas lá foram.
                 O Rafael disse:
                _ Coitado do Dawa!
                _ Não te preocupes, amigo. Se não puder dormir na cama, durmo na sala._ disse Dawa.
                 A espera não foi muita, pois os outros bombeiros chegaram passado três minutos, trazendo máquinas porque tinham de arrombar a porta, o que não seria difícil.
  Ligaram as máquinas à eletricidade e conseguiram arrombar a porta, porque era de material forte mas de fácil desmontagem.
                Os convidados passaram uma noite fantástica na casa do amigo hamsters, pois além da cama fofa, passaram grande parte da noite a contar anedotas e a recordar histórias passadas quando o amigo Rafael vivia perto da selva.
                A partir desse dia, Rafael decidiu que aquele quarto ficaria sem porta para Dawa entrar e sair sem se magoar.
                Fizeram longos passeios pela cidade e por lá ficaram durante dois meses. Dawa e Wada até gostaram de lá estar, mas gostavam mais da vida na selva, do ar puro, da vida simples e pacata. Resolveram regressar para tristeza do amigo hamster que ficou sem a companhia deles.

Wassim e Daniel, 5º A


Sem comentários:

Publicar um comentário