domingo, 20 de março de 2016

SEMANA DA LEITURA - conclusão

SEMANA DA LEITURA 2016

                A semana da leitura 2016, atividade proposta pelo Plano Nacional de Leitura, vem-se repetindo ao longo dos anos. Como professora bibliotecária considero-a como uma monotorização do trabalho escolar, do entusiasmo da comunidade educativa em partilhar experiências, na vontade de realizar articulações e participar na festa da leitura, já que a leitura é algo transversal à aprendizagem.
                Quem lê mal, interpreta mal e tem muita dificuldade em interiorizar conhecimento.
                Este ano é um ano de boas “colheitas” - dezenas de atividades, algumas muito originais, parceiros, encarregados de educação e convidados a festejar connosco, trabalhos realizados em contexto de sala de aula, no recreio, nas bibliotecas e na comunidade.
                Estamos todos de parabéns neste prazer de celebrar a leitura, através de elos plurais e multiculturais. A ideia foi incluir, valorizar os elos de cada um, tenham ou não destaque, são tão importantes como todos os outros. Os pontos de partida, são todos diferentes: os nossos alunos, as suas dificuldades e as suas capacidades, distinguem-nos, mas nesta festa que se pretende que se prolongue todo ano, somos todos entusiastas e remamos todos para o mesmo lado. Destaco atividades devido à sua originalidade, ao número de alunos envolvidos e ou à distinção dos convidados. E são muiiiiitas!
Envio um agradecimento a todos.
Anabela Quelhas (Professora bibliotecária do Agrupamento de Escolas Morgado de Mateus)

Multiculturalismo - antecipou-se à semana, porque é o projeto A LER+ do Agrupamento de Escolas Morgado de Mateus (distinção desde 2010) e sinalizou as paragens dos autocarros, com aspetos culturais de vários países.
Flashmob - o centro da cidade encheu-se de jovens a fazerem elos (braço com braço) e a ler. Foram realizados elos em diversos pontos do centro urbano – Pioledo – Mercado Municipal – Tribunal – Estátua Carvalho Araújo – Paços do Concelho.
Operação leitura transversal – Abertura da semana, com todo o agrupamento a ler em simultâneo, evocando António Gedeão, Mª Jesus Sousa, Saint-Exupéry e Miguel Tavares, autores dos textos.
Leitura opinião – grande cartaz com frases sobre a leitura criadas pela comunidade escolar  e exposto no centro comercial Dolce Vita.
A primavera do mundo - Álvaro Pinto dissertou sobre a Idade Média, num discurso fácil acessível e apelativo. Com ele, quem não gosta de História?
Reading is funny – encenação na língua inglesa… correu bem!
Ler os países – porque não? Cada um será diferente dos outros.
Elos com as artes plásticas – exposições com temáticas diversas, mas criando sempre elos com a leitura. A leitura das formas, da cor e, das texturas,  proporcionam a exteriorização do mundo interior dos nossos alunos – Retratos dos escritores – Retratos digitais – Elos interdisciplinares – Recriando Cézanne e Picasso – Decomposição do retrato de Torga – Elos com a geometria – Elos com a natureza.
Teatro Urze – levou o teatro à escola, para ensinar, educar e sonhar.
Os cinco – um apontamento da IDOLOMANIA oferecido pela biblioteca
Viajar na escrita – escrever, escrever e escrever - inspiração baseada numa mala de viagem com conteúdo desconhecido.
Maria Lamas – um exemplo de vida a lembrar e a informar, contrariando a iliteracia humanista – Saber+ porque sim!
Leitura em movimento – não viu os automóveis com faixas coladas no vidro da traseira?
O conhecimento vem à escola - dois pasteleiros e vários bombeiros, deram aulas sobre as suas profissões. Agradecimento aos Bombeiros, à Casa Lapão e Jorge Mourão membro da Confraria do Covilhete e empresário da pastelaria Nova Pompeia. Este último encantou, pois todos puseram a “mão na massa” e os odores e os sabores foram partilhados.
Orelhudo e Ludin – Serviço Educativo da Fundação Casa da Música do Porto.
Amparo Rainha - encontro das crianças mais pequenas com a escritora, que lhes contou uma história muito “à sua maneira”
Escritor por um dia - os alunos nunca mais esquecerão a sua escrita empenhada e criativa que os levou a ser escritores por um dia. Parabéns.
Ler é saber – Os moradores do Bairro da Araucária, na terça-feira olharam pela janela e tiveram uma visão: ao alunos da EB7 formaram cordões de leitura que se liam do céu: “Ler é saber”
Coro MIx – cantar nos intervalos e cantar bem – orientação Fátima Ribeiro.
Quem foi Moebius? - a matemática explicando e construindo os elos que o matemático inventou.
O Duende e o Merceeiro – encenações dos alunos do Clube Europeu partilhadas com colegas de várias idades, viajando pela Europa através de lendas.
Leituras por aí – A estação dos correios da Araucária e os utentes do centro de saúde nº 2 foram surpreendidos pelos alunos a ler o poema de um heterónimo de Fernando Pessoa: “Tenho uma grande constipação”.
SHOWCASE – música instrumental  com uma forte componente folk e étnica, executada pelos alunos, com exibição para a comunidade educativa - orientação José Eira.
País Mistério – descobrir países com as novas tecnologias.
Elos europeus - Os elos dos petizes que se aventuram a estudar a Europa, criando pontes entre a família e a escola.
Anita Torres Pereira - os escritores não se medem aos palmos e a Anita é a evidência. A Anita lançou o seu primeiro livro “Os contos da Anita” – orientação Márcia Cabanelas. 
Origamis matemáticos - a linguagem matemática transformada em origami com o destino de ser marcador de livros.
Dia desportivo - ai, ai, os elos com a bola, com a competição, com o saber ganhar e saber perder.
Jardim botânico – assinalar o Dia Mundial da Floresta na Utad, aprendendo sobre botânica e depois plantar árvores com os pais.
Leituras com história – a história aprende-se lendo - leitura de lendas da nossa História. Os alunos partilharam leituras e aprenderam que LER é...Lindo!
Isabel Pinto - uma advogada escritora, esquecendo os discursos magistrais e falando a linguagem das crianças através dos seus livros.
Keep Switched. – imitação de sala de cinema com pipocas.
Dia do pai – um carinho especial enviado através de postais.
Crianças demasiado ocupadas – informações que chegaram aos pais numa perspetiva pedagógica.
Camões Lírico - dramatização de excertos da obra de Camões, destinado aos alunos mais crescidos.

O Rock está na escola – Em tom de surpresa, a Semana da Leitura soltou o Rock, para o seu encerramento. Durante o recreio aconteceram  momentos inesquecíveis - um agradecimento à Acrolat’in e aos seus músicos. 

Sem comentários:

Publicar um comentário