segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Muitas palavras já não são o que eram

O penso que se comia, os carregadores que eram homens e as piscinas que eram construídas para os peixes. Muitas palavras já não são o que eram. Porquê?

Leia AQUI

Sem comentários:

Publicar um comentário