quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Halloween: uma tradição importada

Cambridge, 2010 | Fotografia de Mª Manuel Carvalhais

O dia das bruxas teve origem há cerca de dois mil anos entre os povos celtas, a partir da comemoração do festival de Samhain, na Irlanda. Esse festival era realizado entre 30 de Outubro e 2 de Novembro, marcando o fim do verão e o início do Ano Novo.
Com o passar do tempo estabeleceu-se uma data fixa para a comemoração e esta adquiriu um novo significado: o povo acreditava que na noite de 31 de Outubro as almas vinham à Terra para possuir as pessoas! Esta era, segundo os Celtas, a única forma de vida após a morte. Por esse motivo a comemoração passou a ser chamada de Halloween (dia das Bruxas, dia de Todos os Santos ou Encontro das Almas).
Crendo que as almas voltavam e possuíam as pessoas, os irlandeses, na noite do dia 31 de Outubro, passaram a apagar as tochas e fogueiras de suas residências com o intuito de deixá-las frias e incómodas, fantasiavam-se e desfilavam estrepitosamente pelo bairro para espantarem as almas que procuravam corpos para possuí-los. Essa tradição estendeu-se aos Estados Unidos no século XIX, com a chegada de imigrantes irlandeses. A data tornou-se tão importante para o país, que foi estabelecido feriado nacional nesse dia, sendo a festa norte-americana mais conhecida de todos e em todo o mundo. 


Texto baseado no artigo de Eliene Percília, do sítio “Equipe Brasil Escola”, adaptado.


Em Portugal é sobretudo uma comemoração escolar, que vem ganhando maior relevo com a importância do estudo do Inglês e com a valorização das tradições culturais dos povos de língua inglesa. É também aproveitada comercialmente como oportunidade de venda de livros, filmes, acessórios e brinquedos.



Por cá, as histórias populares de bruxas, boas e más, não as vinculam a um só dia de aparição, antes a múltiplas terças e sextas-feiras e ao espaço variado e dúbio das encruzilhadas dos caminhos.

Se tens curiosidade em conhecer histórias de superstições e de bruxas ligadas à tradição popular de Trás-os-Montes, um bom livro para ler, agradável e muito engraçado, é O Diabo Veio ao Enterrode A. M. Pires Cabral (existe na nossa biblioteca).




Sem comentários:

Publicar um comentário